Caso seja comprovada a ocorrência, o juiz poderá:

Advertir o alienador;

Estipular multa ao alienador;

Alterar o regime de guarda do menor, aumentando o período de convivência com o genitor prejudicado;

Inverter o regime de guarda do menor;

Alterar a guarda para guarda compartilhada;

Determinar a fixação cautelar do domicílio do menor;

Declarar a suspensão da autoridade parental;

O juiz poderá tomar apenas alguma dessas medidas, ou várias delas cumulativamente, dependendo de cada caso em concreto.

Além disso tudo, quem pratica alienação parental pode ficar sujeito a sofrer responsabilização civil e penal pelos atos praticados!

Bruna Moreira – Neuropsicóloga Jurídica
Especialista em Alienação Parental – Curitiba – PR

Link relacionado:

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Bruna Moreira – Alienação Parental Bruna Moreira _ Alienacão Parental – INSTAGRAM
/